Helio Ribeiro

Indaiatuba

19 99796-7366

contato@helioribeiro.com.br

Centro Integrado de Oncologia

A população recebeu o Centro Integrado de Oncologia “Luci Clea Silva”, que passa a funcionar no antigo Mini Hospital, no Jardim Morada do Sol, unificando e ampliando os serviços oferecidos pela Secretaria Municipal de Saúde aos pacientes oncológicos, proporcionando um fluxo otimizado e uma linha de cuidado continuada.

O novo Centro Integrado de Oncologia contará com o atendimento de três médicos especialistas: os oncologistas Dr. Fabrício Colli Badino e Dra Elisa Watanabe Camargo e a hematologista, Dra Camila Galati Araújo. Além da equipe, o local oferecerá o ambulatório de cuidados paliativos; sala para procedimentos diagnósticos; a Central de Regulação Oncológica do Município e a sala de infusão de medicamentos de alto custo, que será equipada com a capacidade para realização de quimioterapia, procedimento para o qual a Prefeitura de Indaiatuba aguarda a habilitação por parte do Governo Federal.

Parabéns ao prefeito Nilson Gaspar, à secretária Graziela, ao Dr. Fabrício Colli, a Vollac, entre outras pessoas da área, que há muitos anos batalham para estruturar esse espaço e cuidar adequadamente dos pacientes com câncer.

E, como disse o prefeito Gaspar: qualquer um pode fazer prédios, mas o objetivo de Indaiatuba sempre foi “cuidar de pessoas”.

O prefeito e sua equipe relataram a luta pelo espaço, lembrando que também estiveram em São Paulo e em Brasília algumas vezes para pleitear melhorias para a nossa saúde, inclusive deixando toda a documentação necessária e solicitando o credenciamento para que possamos oferecer a quimioterapia por infusão no município. Agora é aguardar a liberação por parte do Ministério da Saúde.

Atualmente Indaiatuba possui cerca de 800 pacientes oncológicos em tratamento pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e realiza todos os procedimentos diagnósticos, cirurgias oncológicas desde a média até a alta complexidade e tratamentos com medicações de alto custo e quimioterápicos orais. São investidos no setor cerca de R$1.200.000,00 ao ano. Os novos pacientes que necessitarem de atendimento oncológico serão direcionados pelos médicos das Unidades de Saúde.

Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter

Inscreva-se para receber novidades em tempo real

Outros artigos

Artigos Relacionados

Youtube